AmbMerc
18-02-16

MEGAPROJETO CONFIRMADO: MUNICÍPIO NA INGLATERRA CONFIRMA A COMPRA DE 120 PLANTAS DE COGERAÇÃO DE MADEIRA PARA ELETRIDADE E AQUECIMENTO


Instalação em modo cascata das plantas de cogeração de madeira SPANNER Re2

SPANNER Re2 confirma a maior ordem de compra internacional da sua história: 120 unidades de plantas para um único cliente, um município na Inglaterra.

Os principais pontos para a escolha do cliente foram sua grande escalabilidade em projetos Megawatt e o considerável baixo custo de investimento:  a combinação modular fácil e flexível, além da confiabilidade e durabilidade das plantas (estima-se que podem funcionar perfeitamente por 25-30 anos).

PLANTAS DE COGERAÇÃO MODULARES, O QUE ISSO SIGNIFICA? 

A SPANNER disponibiliza dois modelos de plantas de cogeração que transformam madeira em eletricidade e aquecimento. O cliente é quem define a sua, digamos, mini ou micro-usina de biomassa. Ela pode ser calculada pela necessidade em fornecimento elétrico, ou pela necessidade de incineração da madeira (neste caso, quando o cliente possui muitos resíduos de madeira, que podem ser florestais ou industriais). 



MODELO HKA 45
Energia elétrica: 45kW
Energia térmica: 108kW
Consumo de madeira: 45kg/hora(1kg/1kW)
Consumo de madeira em 7000/horas de operação: 270tATRO 


MODELO HKA 30
Energia elétrica: 30kW
Energia térmica: 73kW
Consumo de madeira: 30kg/hora (1kg/1kW)
Consumo de madeira em 7000/horas de operação: 180tATRO 

ALGUNS EXEMPLOS:

Cliente1 deseja ter uma usina que gere 1MW, então é só calcular: 1000:45= 22 plantas de 45kW

Cliente2 deseja ter uma usina que gere 0,5MW, então é só calcular: 500:45= 11 plantas de 45kW

Cliente3 tem excesso de resíduos de madeira, e tem de encinerar 20toneladas/mês: uma planta processa 45kgX8horas=360kg/diaX 22 dias úteis por mês=7920kg/mês podem ser processados por planta neste cálculo exemplo), então 20.000kg:7920kg=2,5 Plantas de 45kW, ideal neste exemplo seria o cliente adquirir 3 Plantas HKA45, que gerará 135kW em eletricidade e 324kW em energia térmica.
 
INSTALAÇÃO EM MODO CASCATA

A instalação em modo cascata, de diversas plantas de cogeração de madeira, por exemplo, modelo HKA 45, permitem o gerenciamento fácil e flexível da usina de biomassa modular, que estará apta a gerar energia em Megawatts.

A cidade de Riga, na Letônica, combinou 20 destas plantas, e produzem atualmente uma energia combinada de 1 MW de eletricidade e 2.4 MW de aquecimento (térmica). Dependendo das condições do local, a energia pode ser alimentada para a rede (grid) ou usada no próprio local (on-site).

O aquecimento pode ser usado para ser consumido pelo próprio do município (exemplo, aquecimento de piscinas públicas, muito comum na Europa) ou para rede de aquecimento remoto. Instalando as plantas de cogeração em modo cascata, há muito benefícios: o uso de plantas em série garante um custo total muito mais competitivo ao cliente, melhorando o retorno no investimento.

Processos de planejamento e implementação são simplificados e acelerados por unidades padronizadas individuais, simplesmente juntando-as. Cada planta de cogeração de madeira funciona independentemente das outras, e o controle pode ser iniciado e interrompido dentro de minutos pelo controlador. Isso permite que os sistemas possam ser ligados ou desligados, individualmente, para atender às exigências daquele exato momento de consumo. Um sistema de alta redundância assegura uma disponibilidade e ajuste fácil para o consumo atual e desejado.



LUGARES REMOTOS, SISTEMAS ISOLADOS 

As plantas de cogeração de madeira SPANNERr Re2 são especialmente atraentes em áreas onde o Sistema Interligado nacional não chega, devido a falta de infraestrutura, e o acesso aos recursos de resíduos de madeira e cavacos são fáceis e a baixo custo.

Na faixa da potência descrita, as plantas apresentam vantagens claras sobre as outras tecnologias de cogeração a biomassa, como turbinas a vapor ou instalações ORC (Ciclos Orgânicos de Rakine). Especialmente quando trata-se de custos e retorno de investimento, eficiência, rentabilidade e velocidade para implementação. Além disso, as plantas acrescentam valor de ecológico regional, pois o combustível madeira, emr contraste com petróleo ou gás, é sustentável e ambientalmente amigável.

"Estamos muito felizes com esta ordem de compra! Nós continuamos a crescer: 120 unidades representa hoje, mais do que a produção do ano passado. Nossas plantas de gaseificação de madeira são fabricadas na Alemanha. Cada vez mais esta tecnologia está se tornando uma solução altamente atraente para quem deseja mini e micro usinas megawatts em todo o mundo. As plantas da SPANNER já foram fornecidas para muitos países. Na Europa, os principais compradores são a Itália, Letônia e a Áustria, pois estes países têm uma política energética ambiental e amigáve, ao mesmo tempo estes países buscam soluções eficientes com base em recursos renováveis, promovendo produtores autonômos de energia, e possibilitado que eles possam participar em programas feed-in, obtendo até retorno financeiro considerável. Em outros países, como a Alemanha, as plantas de cogeração são economicamente atraentes, produzindo-se energia doméstica e in-house. Apoiamos todos os clientes interessados, hoje com o nosso expertise nesta tecnologia, assim como com o nosso know regulatório e econômico, acompanhamos individualmente cada cliente, para encontrar a solução mais atraente e adequada as suas necessidades.” diz Thomas Bleul, CEO e sócio da SPANNER. 

A SPANNER Re² GmbH é fabricante líder mundial na fabricação de plantas modulares de cogeração, que transformam madeira em eletricidade e aquecimento. A empresa é voltada à geração de energias renováveis, inovativas e economicamente atraentes. A empresa está presente ativamente em 7 países, possui uma fábrica de 7,000 m² e é Certificada ISO 9001-2006.

Helmut Spanner, à direita é o chefe do Grupo Spanner. A empresa afiliada. SPANNER Re² GmbH é dirigida pelo CEO Thomas Bleul, 44, que possui  20% em participações da empresa. 

APRESENTAÇÃO ONLINE DISPONÍVEL EM: 

>>>>ESTAMOS ORGANIZANDO UMA DELEGAÇÃO DE EMPRESÁRIOS E PESSOAS DO GOVERNO BRASILEIRO QUE TENHAM INTERESSE EM CONHECER A GASEIFICAÇÃO DE MADEIRA EM ELETRICIDADE E AQUECIMENTO AO VIVO>>>>>
Interessados em visitar a maior feira mundial de meio ambiente e sustentabilidade, a IFAT2016 acontecerá em Munique (31.05.2016-03.06.2016). Paralelamente, estamos organizando um grupo para visitar a fábrica SPANNER RE2 e conhecer a tecnologia de perto.
Maiores informações, por favor envie um email para [email protected] 


Fonte: 

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Estatísticas

75304 visualizações

547 Anúncios

670 usuários

RSS AMBIENTAL MERCANTIL