Preço : R$1.080,00 São Paulo Juliana Sabbatini
02-09-15 392 Acessos

Inserir seu nome/contato:: Juliana Sabbatini

Inserir seu email:: [email protected]


Data: 17 a 19 de setembro de 2015

Objetivo:
Apresentar aos participantes as técnicas para Operação de Estações de Tratamento de Efluentes que utilizam sistemas aeróbios e/ou anaeróbios. As técnicas que serão discutidas visam a discussão de sistemas de tratamento biológico, com ênfase em lodos ativados, mas os princípios aplicam-se também às novas tecnologias MBR, MBBR, entre outras. Também é objetivo deste curso relacionar a escolha da melhor técnica de tratamento de efluentes quando a finalidade é o Reúso. Outro ponto importante é o fomento do networking entre os presentes, bem como a discussão objetiva de casos reais.

Público Alvo:
Engenheiros, químicos, biólogos, técnicos, estudantes e todos aqueles que já tenham um conhecimento básico sobre sistemas de tratamento de efluentes e queiram ampliar seus conhecimentos no assunto.

Instrutores:
Ademar César Ferreira
Engenheiro químico com 35 anos de experiência, é diretor da “H2O Engenharia e Consultoria em Meio Ambiente”. Também já ocupou posições relevantes em empresas como : SAAE de Pelotas (RS), ESMIL do Brasil, JARAGUÁ, FILSAN, MININGTECH e DEGRÉMONT.
Ana Luiza Fávaro
Bióloga, diretora e responsável técnica da “ACQUA CONSULTING”. Larga experiência com gerenciamento operacional de ETEs de diferentes indústrias, assessorando desde o start up de sistemas de lodos ativados até a operação dos mesmos. Larga experiência em bio-monitoramentos (ensaios ecotoxicológicos, bio-acumulação, entre outros ) utilizados para avaliar e remediar impactos em corpos d'água que recebem efluentes domésticos e industriais.

Rosvaldo Catino
Engenheiro sanitarista e especialista em ciências ambientais e do meio ambiente com mais de 29 anos de experiência no setor. É professor da Faculdade de Tecnologia Ambiental do SENAI e também é sócio-diretor da empresa Poluição Zero Engenharia, atuando em mais de 100 projetos de saneamento, incluindo dimensionamento, projeto, comissionamento e start-up para empresas como : DEGRÉMONT, ANDRADE GUTIERREZ, ODEBRECHT, ISOLUX, ECOTEC, QUEIROZ GALVÃO, FLUID Brasil, PROESA, entre outras.

Programação:

Operação de ETE - Eng. Ademar Ferreira:
1. Introdução Geral
2. Introdução à Legislação Ambiental
3. Gerenciamento de Operação
4. Conceitos sobre os Principais Parâmetros de ETE´s
5. Conceitos Básicos dos Parâmetros de Controle de ETE´s
6. Amostragem e Métodos Analíticos para Acompanhamento de ETE´s
7. Sistemas Primários de Tratamento de Efluentes
   7.1. Gradeamento e Peneiramento
   7.2. Remoção de Areia
   7.3. Separação de Água e Óleo
   7.4. Equalização
   7.5. Sistemas Físico Químicos
8. Sistemas Biológicos de Tratamento de Efluentes
   8.1 Conceitos
   8.2 Aeração
   8.3. Sistema MBR – Básico
   8.4. Sistemas com Massa Aderida – MBBR
   8.5. Sistemas anaeróbios

9. Exercícios sobre Sistemas Biológicos

10. Filtração - Básico
11. Desinfecção - Básico
12. Lodos
13. Reuso de Água
     13.1 Tipos de Águas de Reuso
     13.2. Processos específicos para o reuso de água
     13.3 Contaminantes a serem considerados para o Reuso
14. Discussão de “Casos” da classe. – dia 2
 
Comissionamento e Testes - Eng. Rosvaldo Catino
1 - Objetivo do comissionamento
2 – Preparativos:
  · Equipe
  · Supervisão
  · Certificação
  · Documentação
    - Ficha comissionamento
    - Lista de pendências
3 - Segurança:
  · Bloqueio
  · Desbloqueio
4 - Comissionamento a frio / Estático:
  · Elétrico
    - Limpeza
    - Verificação dimensional / projeto
    - Nivelamento
    - Torque
    - Alinhamento
    - Continuidade
    - Hidromecânico
    - Limpeza
    - Estanqueidade
    - Nivelamento
    - Torque
    - Alinhamento equipamento
    - Alinhamento tubulações
5 - Comissionamento a quente ( energizado ) / Dinâmico:
  · Elétrico:
    - Comando / Acionamento
    - Sentido de giro
    - Corrente partida
    - Corrente nominal
    - Ajustes de equipamentos
    - Inversores
    - Relés
    - Disjuntores
  · Hidromecânico:
    - Hidrostático / Pressostático
    - Funcionalidade
  · Instrumentação
    - Nivelamento
    - Continuidade
    - Calibração
    - Ajustes
6 - Comissionamento da Automação:
  · Intertravamento
  · Comando (local – remoto / manual-automático)
  · Ajustes:
    - Set-point
    - Controle
    - PID

Microbiologia Aplicada - Bióloga Ana Luiza Fávaro:
1 - Entender o que é um floco biológico e como se dá a sua evolução dentro do tanque de aeração até chegar ao decantador secundário;
2 - Aprender a metodologia para caracterizar os flocos biológicos: tamanho, forma, firmeza e compactabilidade;
3 - Identificar as patologias do floco biológico, suas causas e suas remediações: flocos dispersos, flocos com bulkingfilamentoso e defloculação;
4 - Classificar a densidade de bactérias filamentosas segundo a escala de Jenkins;
5 - Aprender a metodologia para identificar e quantificar os protozoários e metazoários: Amebas, Flagelados, Ciliados livres e pedunculados, Ciliados carnívoros, Suctórios, Rotíferos e vermes;
6 - Conceito da nitrificação;
7 - Identificar zoogléia – indicador da biodegradabilidade do efluente;
8 - Identificar presença de fibras, óleo e sólidos fixos no efluente;
9 - Realizar atividades de estudos de caso com diferentes resultados de análises microbiológicas.

Apoio: Tecitec e Adi Systems
Organização: Portal Tratamento de Água - www.tratamentodeagua.com.br

Formas de Pagamento : Cartão de Crédito e Boleto Bancário

http://www.tratamentodeagua.com.br/r10/cursosEventosDetalhes.aspx?codigo=400

Rua Abílio Soares, 607 – Paraíso – São Paulo - SP

  Enviar mensagem


QR code

Operação de Estações de Tratamento de Efluentes, Comissionamento e Microbiologia Aplicada: Sistemas Aeróbios e Anaeróbios – Descarte e Reúso Mapa

Visualização do mapa.

Anúncios relacionados

Propostas e Contratos para Sistemas de Tratamento de Água e Efluentes / Estudo de Mercado

Data: 20 e 21 de outubro de 2015, em São Paulo/SP Objetivo: • Discutir ações de caráter técnico e comercial para a busca de oportunidades de negócios, elaboração de propostas e formalização de contratos na área de tratamento de águas e efluentes; •… São Paulo

Sistemas de Tratamento de Água Produzida em Plataformas OFF-SHORE

Data: 10/11/2015 a 11/11/2015  Objetivo: Apresentar aos participantes: 1- sistemas típicos de tratamento da água produzida, em plataformas, com descrição dos principais equipamentos; teoria da separação líquido-líquido - dimensionamento e princípios de… São Paulo

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS:

RSS AMBIENTAL MERCANTIL

Estatísticas

68954 visualizações

542 Anúncios

662 usuários