Águas residuais (esgotos), lodo, lixo orgânico e pilhas de compostagem são reconhecidos como fontes que liberam odores fétidos. Gases causando odores repugnantes, tais como o sulfeto de hidrogênio e amônia, são geralmente resultado do metabolismo bacteriano anaeróbio que usa nitrogênio e enxofre em lugar de oxigênio no processo de degradação. Estimular a proliferação de micro-organismos aeróbios e o metabolismo aeróbio de resíduos previne a formação dos compostos odoríficos em suas fontes.

Publicar um novo anúncio

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS:

Estatísticas

73946 visualizações

549 Anúncios

668 usuários

RSS AMBIENTAL MERCANTIL